sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Lula: a Ficha Limpa em suas mãos


         Ilustração: www.fichalimpa.org.br

Fonte: AVAAZ.ORG

"O destino da Lei Ficha Limpa está por um fio, pois o presidente Lula está prestes a nomear o Ministro que irá desempatar as votações do STF nas apelações dos políticos "ficha suja".

O Lula está sendo pressionado pelos partidos, por políticos corruptos e interesses particulares, para designar um Ministro que vote contra a constitucionalidade da Lei Ficha Limpa, abrindo as portas para que Paulo Maluf, Jader Barbalho e outros candidatos corruptos assumam seus cargos.

Não temos tempo a perder. Vamos reagir e enviar ao gabinete de Lula uma enxurrada de mensagens pedindo que ele escolha um Ministro do Supremo que tenha integridade e sólido currículo anticorrupção."


Movimento da Sociedade Civil Ficha Limpa

O QUE É FICHA LIMPA

O projeto Ficha Limpa é uma campanha da sociedade civil brasileira com o objetivo de melhorar o perfil dos candidatos e candidatas a cargos eletivos do país. Para isso, foi elaborado um Projeto de Lei de Iniciativa Popular sobre a vida pregressa dos candidatos com o objetivo de tornar mais rígidos os critérios de quem não pode se candidatar - critérios de inelegibilidades.

A iniciativa popular é um instrumento previsto em nossa Constituição que permite que um projeto de lei seja apresentado ao Congresso Nacional desde que, entre outras condições, apresente as assinaturas de 1% de todos os eleitores do Brasil.

O projeto Ficha Limpa circulou por todo o país, e foram coletadas mais de 1,3 milhões de assinaturas em seu favor – o que corresponde a 1% dos eleitores brasileiros. No dia 29 de setembro de 2009 foi entregue ao Congresso Nacional junto às assinaturas coletadas.

O MCCE, a ABRACCI e cidadãos de todo o país acompanharam a votação do projeto de lei na Câmara dos Deputados e no Senado e, no dia 4 de junho de 2010, foi sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Lei Complementar nº. 135/2010, que prevê a lei da Ficha Limpa.

A aprovação do Ficha Limpa foi possível com mobilização e a pressão popular. É, portanto, uma vitória de todos!·

QUEM SOMOS

A Articulação Brasileira contra a Corrupção e a Impunidade (ABRACCI) é uma rede de 78 entidades com a missão de “contribuir para a construção de uma cultura de não corrupção e impunidade no Brasil por meio do estímulo e da articulação de ações de instituições e iniciativas com vistas a uma sociedade justa, democrática e solidária”.

O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) é composto por 46 entidades cuja atuação se estende por todo o país. Com sede em Brasília (DF), acompanha de perto a atuação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e mantém contato com os responsáveis pela adoção de medidas que favoreçam a lisura do processo eleitoral em todo o Brasil. O MCCE é uma das entidades fundadoras da ABRACCI. 



Notas & Informações Ordidja


Nesta estória de entrar e sair nestes caminhos virtuais que nus unem, descobri esta notícia, graças ao amigo de longa data David Borges. Nha mantenha ermon!

Imagine como seria Guiné-Bissau com “Ficha Limpa” em movimento...

Será que as organizações de sociedade civil guineense teriam coragem para se mobilizar e levar a cabo uma campanha desta envergadura, na Guiné-Bissau?

Será que as organizações da sociedade civil guineense, não estão muito atrelados ao Poder político?